Herdade da Barroca d’Alva

Frente a Lisboa, na outra margem do extenso Estuário do Tejo, para norte, existem paisagens naturais intactas e patrimónios culturais, materiais e imateriais onde o devir dos tempos parece ter parado. Neste percurso propomos-lhe conhecer a Herdade da Barroca d’Alva, com o seu monte setecentista, o seu montado e açudes, bem como o dia-a-dia de uma coudelaria que ao longo de muitos anos se foi afirmando e que permanece em funcionamento.

Itinerário

9:30
 Lisboa – Alcochete

Partirá da Marina do Parque das Nações, em Lisboa, para uma viagem até Alcochete, a bordo de um varino – embarcação tradicional do Estuário do Tejo, restaurada e preparada para proporcionar um confortável cruzeiro fluvial.

11:00
Visita a Alcochete

Desembarcará no pontão do Passeio do Tejo, que o conduzirá até ao centro histórico da Vila de Alcochete. Durante uma hora poderá deambular pelo casario, por entre o qual é possível espreitar o estuário e avistar Lisboa, ao longe.

12:00
Partida para a Herdade da Barroca d’Alva

O percurso entre Alcochete e o monte da herdade será percorrido por um breque – veículo de atrelagem puxado por cavalos. Contemple a paisagem, que se vai tornando rural,  e sinta-se transportado no tempo, experimentando um antigo modo de viajar.

13:30
Almoço

Chegado ao monte da herdade, conhecida pela generosidade na recepção ao visitante, terá oportunidade de conhecer o melhor da gastronomia regional, confeccionado a preceito, e o bom vinho da península de Setúbal.

14:30
Visita ao monte da herdade

Visitará o extenso monte, que data do séc. XVIII, podendo observar os picadeiros, as cavalariças, a sala dos arreios, a praça da tenta, a Capela de Nossa Senhora da Graça e outras instalações ligadas às actividades desenvolvidas.

15:10
Visita à herdade

De regresso ao breque, embrenhar-se-á pelo extenso e frondoso montado. Avistará cavalos e toiros em liberdade bem como açudes centenários, ao centro de um deles poderá visitar a curiosíssima ermida maneirista de Santo António da Ussa.

18:15
Moscatel de Despedida

De regresso ao monte participará num momento de confraternização que termina o dia inesquecível que viveu. O paladar será mais uma vez convidado a encontrar novas experiências a pretexto da prova do icónico vinho moscatel de Setúbal.

18:45
Regresso

Regressará a Lisboa num confortável autocarro, cuja chegada ao Marquês de Pombal, em Lisboa, está prevista para as 19:30.

Bilheteira

Informações/Reservas: 916126556 (10:00/18:00), mailto:info@agulhamagnetica.pt.

Logo-CMYKLigue 1820 (24h).

Bilhetes à venda em http://ticketline.sapo.pt e nos postos Ticketline.

Informação Adicional

Partidas: Percurso a realizar nos meses de Abril a Setembro; aberto todos os Sábados ou, para grupos pré-organizados, em qualquer dia da semana.

Temática

O Estuário do Tejo

O Varino Sou do Tejo

A Vila de Alcochete

A Herdade da Barroca d’Alva

O Vinho Moscatel de Setúbal

Contratual

1 – A desistência na participação ou a não comparência à partida para o percurso não conferem o direito ao reembolso do valor do bilhete ou ao de qualquer fracção deste.

2 – A organização, Agulha Magnética – Magnetic Compass, reserva para si o direito de cancelar a realização do percurso sempre que as condições climatéricas sejam desfavoráveis ou quando o número de participantes o não justificar; casos em que será devolvido integralmente o valor do bilhete já adquirido.

3 – Aqueles que prefiram optar por um almoço vegetariano devem informar a organização no acto de aquisição do bilhete para o percurso.

Locais

Partida – Lisboa, Marina do Parque das Nações 38.753910º; -9.093726º

Desembarque em Alcochete – 38.755932º; -8.963547º

Monte da Barroca d’Alva –  38.733170°; -8.893089°

Açude de Santo António da Ussa – 38.740779°; -8.863289°

Clube Náutico – 38.750853º; -8.967763º

Chegada a Lisboa, Praça Marquês de Pombal – 38.725967º; -9.151315º

Dificuldade

Percurso acessível a crianças a partir dos 3 anos, quando acompanhadas por adultos, e desaconselhado àqueles que se encontrem com dificuldades motoras.

Extras

Existe a possibilidade de montar a cavalo, contratando as condições, caso a caso, directamente com a herdade. Os interessados deverão informar a organização – Agulha Magnética, no acto de aquisição do bilhete para o percurso, de modo a poder iniciar-se o processo conducente ao aluguer da montada. Nota importante: A organização – Agulha Magnética isenta-se, desde já, de qualquer responsabilidade por acidentes que possam vir a ocorrer durante os passeios a cavalo, os quais não são cobertos pelo seu seguro de acidentes pessoais.

Conselhos de apetrechamento

Não existem recomendações especiais quanto a vestuário; lembra-se apenas a possível necessidade de um abafo durante a travessia do estuário e a importância de utilizar calçado cómodo – porque o passeio passa pelo campo e por um percurso pedestre na Vila de Alcochete.

Ainda que o percurso seja inesquecível uma máquina fotográfica ajudará a provar que aquele paraíso existe – não é invenção sua.

Mapa